HISTÓRIA

O maior momento da história

Com Cloves Santos assumindo a responsabilidade do futebol Carijó, o ano de 2015 prometia fortes emoções. O grupo teve que ser montado praticamente do zero, jogadores importantes como Rodrigo Viana e Wesley Ladeira deixaram o clube, assim como Chico e Ewerton Maradona, atletas que foram destaques na boa campanha no Campeonato Brasileiro da Série de 2014. Para repor, o Galo trouxe jogadores experientes como Glayssão, Osmar e Daniel Morais. No comando técnico, Felipe Surian foi o escolhido. 


Em meio a disputa do Estadual, o Galo disputava também a Copa do Brasil e ia muito bem. Após eliminar o Alecrim, do Rio Grande do Norte, na fase inicial, o clube enfrentou o forte Athletico Paranaense na segunda fase e de maneira surpreendente, conseguiu avançar. O Galo venceu em Juiz de Fora por 1 a 0, e na volta, na Arena da Baixada, foi derrotado por 2 a 1, mas o gol fora de casa fez com que o Tupi avançasse para a terceira fase, tendo o Ceará como adversário. O Galo fez dois bons jogos, empatando na ida, em Fortaleza, em 0 a 0, mas acabou derrotado no Mário Helênio por 2 a 1, dando adeus assim à competição, mas com o sentimento de dever cumprido.


Enquanto isso, a campanha no Campeonato Mineiro foi bem discreta, o clube terminou na nona colocação com 10 pontos ganhos. Felipe Surian acabou demitido e o clube contratou Leston Júnior para o restante da temporada.

 
Veio então a Série C do Campeonato Brasileiro. O Galo reforçou a equipe com nomes como de Bruno Ré, Kaio Wilker, Rafael Jataí, Felipe Augusto, dentre outros. Apesar de muito desacreditado, o Tupi passou a jogar de maneira eficiente e foi somando pontos importantes. O Tupi estava no Grupo B, ao lado de Londrina/PR, Portuguesa/SP, Brasil de Pelotas/RS, Juventude/RS, Guarani/SP, Tombense/MG, Guaratinguetá/SP, Madureira/RJ e Caxias/RS. O Tupi classificou-se em terceiro lugar no grupo. Na fase seguinte enfrentou o ASA de Arapiraca, vencendo os dois jogos, 2 a 0 em Juiz de Fora e 2 a 1 em Arapiraca, sendo assim promovido para a Segunda Divisão (Série B), um feito histórico. Nas semifinais, o Tupi enfrentou o Londrina/PR e os dois jogos terminaram em 0 a 0 e o Galo foi derrotado nos pênaltis.


Foi o maior momento da história do clube, após o título de Campeão Brasileiro da Série D, o clube chegava, pela primeira vez na história, na Série B do futebol brasileiro. A cidade de Juiz de Fora parou para acompanhar aquele momento, a praça Antônio Carlos ficou lotada e os torcedores fizeram uma festa inesquecível pelas ruas da cidade.

20151020104534_0.jpeg

Time histórico que conseguiu o acesso para a Série B do Brasileirão | Créditos: Felipe Couri

image.jpg

Torcedores fizeram uma grande festa na Praça Antônio Carlos