Tupi e Nacional empatam por 1 a 1 no Mário Helênio

Partida foi válida pela oitava rodada do Campeonato Mineiro do Módulo II

Foto: Tiago Castilho/Tupi FC

Pela oitava rodada do Campeonato Mineiro do Módulo II, o Tupi recebeu o Nacional de Muriaé, na tarde do último sábado (28), no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio e ficou no empate em 1 a 1. O gol Carijó foi marcado por Raphael Toledo. Com o resultado, o Galo Carijó foi a 12 pontos e caiu para a sétima colocação na tabela. O Tupi está empatado em número de pontos com o próprio Nacional, Tupynambás e Varginha, que estão no G6, mas o Alvinegro tem um pior saldo de gols que os demais adversários. Democrata, Boa Esporte e Betim tem 14 pontos e completam a zona de classificação para o hexagonal.


O jogo


O Galo entrou em campo precisando vencer para fazer valer seu mando de campo. O Tupi voltava a jogar em Juiz de Fora depois de 21 dias. Em campo, o que se viu, foi um jogo muito equilibrado, muito disputado no meio campo e sem grandes oportunidades de gol. No lado Carijó, as poucas chances viam pelos pés de Fabrício Marabá. Aos 6’, após cobrança de escanteio de Marabá, a bola sobrou para Emerson, dentro da área, o zagueiro bateu, mas a zaga do NAC afastou. Aos 20’, o ataque Carijó roubou bola, Muller Fernandes trouxe pelo meio, lançou Marabá, o camisa 11 driblou um defensor e bateu, mas o chute foi bloqueado e a defesa do NAC afastou. Aos 39’, a chance mais perigosa do Nacional no primeiro tempo, após boa jogada pelo meio, o atacante adversário recebeu livre, de frente para o gol, mas João Lucas salvou fazendo grande defesa. E assim terminou o primeiro tempo: 0 a 0.


Já o segundo tempo começou fervendo. Logo no primeiro minuto, o Galo abriu o marcador. Após jogada bem articulada, Jeffinho lançou Adson na direita, o lateral cruzou com precisão para Muller Fernandes que, de cabeça, encontrou Raphael Toledo livre, dentro da área, o meia Carijó, de primeira, mandou para o fundo das redes. Tupi 1 a 0. Em seguida, a partida voltou ao estágio do primeiro tempo, muito equilíbrio. O Tupi buscava o segundo gol, enquanto o NAC buscava brechas para o empate. E em uma falta na lateral, aos 19’, surgiu o gol de empate. Após a cobrança, o zagueiro Carijó Wellyson disputou a bola com o atacante do NAC, mas acabou desviando para o próprio gol, decretando o empate dos visitantes. Aos 34’, o NAC quase virou após bobeada da defesa do Galo, mas João Lucas voltou a salvar o Tupi. Nos minutos finais só deu Tupi, o Galo partiu para o ataque em busca da vitória e por duas vezes, chegou perto do gol. Aos 47’, Willy faz boa jogada, cruza para a área, Sávio recebeu livre, mas se atrapalhou no domínio e perdeu a oportunidade. Aos 48’, após boa jogada de Willy novamente, a bola sobrou para Hiroshi, dentro da área, o meia teve a chance, mas acabou finalizando sobre o gol. Final: 1 a 1.


Próximo compromisso


O Galo volta a campo na próxima quarta-feira (01) para enfrentar o Boa Esporte, às 19h30, no estádio Dilzon Melo, em Varginha. O confronto é válido pela nona rodada da fase de classificação do Campeonato Mineiro do Módulo II. O elenco Carijó se reapresenta na tarde de segunda-feira (30) e embarca para Varginha na terça-feira (31).


Ficha técnica

Tupi 1x1 Nacional – 8ª Rodada do Campeonato Mineiro do Módulo II

Local: Mário Helênio

Data e hora: 28/05/2022 às 15h30

Árbitro: Daniel da Cunha Oliveira Filho

Árbitro Assistente 1: Samuel Henrique Soares Silva

Árbitro Assistente 2: Vivaldi Pedro Baeta

Quarto Árbitro: Francielly Fernanda Lima De Castro

Inspetor: Juliano Lopes Lobato

Cartões amarelos: Romarinho (TUP), Raphael Toledo (TUP), Fabrício Marabá (TUP), Emerson (TUP), Clemente (NAC), Pedrinho (NAC), Douglas (NAC), Gabriel (NAC).

Gols: 1’ 2ºT Raphael Toledo (TUP); 19’ 2ºT Wellyson (GOL CONTRA) NAC


Escalação do Tupi

João Lucas; Adson, Emerson, Wellyson e Romarinho; Rafinha Borges, Jeffinho, Raphael Toledo (Hiroshi) e Fabrício Marabá (Sávio), Pingo (Willy) e Muller Fernandes.

Técnico: Ademir Fonseca.


Escalação do Nacional

Baldini; Canário, Elizeu, Gabriel e Balaio; Clemente (Kaue), Guilherme Borges, Romário Soares (Marquinhos) e Elton (Wesley); Wendel (Ângelo) e Romarinho (Pedrinho).

Técnico: Arthur Trovão


Este material está liberado para reprodução. Os órgãos de imprensa devem citar o site do Tupi como a fonte da informação.