Tupi inicia planejamento para 2023 e pode ter nomes de peso no processo

Presidente Carijó recebeu os empresários e ex-jogadores Lino e Hudson em Santa Terezinha

Presidente Carijó, Eloisio Siqueira (meio) recebeu os empresários Lino (esq.) e Hudson (dir.) em Santa Terezinha | Foto: Roney Testa/Tupi FC

Dando início ao planejamento para a próxima temporada, na tarde da última quinta-feira (14), o presidente Carijó, Eloisio Siqueira, mais conhecido como Tiquinho, recebeu, no Salles Oliveira, a visita dos ex-jogadores e atualmente empresários, Hudson e Lino. O objetivo do encontro foi estreitar os laços e debater sobre o planejamento do Galo visando a temporada de 2023.


Hudson, aos 34 anos, encerrou sua carreira profissional nesta temporada. O ex-jogador se destacou, principalmente, com as camisas do São Paulo, Cruzeiro e Fluminense. Natural de Juiz de Fora, Hudson fundou, em junho deste ano, a H25 Sports, com o objetivo de assessorar atletas profissionais e de base, com intuito de traçar um plano de carreira bem definido em vários aspectos, através de uma gestão profissional.


Para Hudson, o trabalho de reestruturação do Tupi passa por um planejamento a longo prazo, profissional e organizado, cercado por pessoas competentes, contudo, entende que deve ter margem zero de erro. "O momento do Tupi não permite mais erros, a margem deve ser zero, o planejamento deve ser muito bem elaborado e consistente, desta forma, será possível recolocar o clube no lugar que ele merece." Hudson ainda fala sobre sua relação com o Galo: "Fiz escolinha no Tupi, tenho um carinho especial pelo clube. Conheço bem o futebol da cidade, os treinadores. Eu tenho muito orgulho de ser um juiz-forano, me identifico com a cidade, e se for possível ter a possibilidade de contribuir para o sucesso do Tupi, ficarei muito feliz.”


Leandro Lino de Freitas, mais conhecido como Lino, também natural de Juiz de Fora, teve uma carreira bem sucedida no futebol. O ex-zagueiro já vestiu a camisa Carijó, mas foi no futebol goiano que atingiu os melhores resultados, inclusive, marcando o gol do título estadual do Atlético Goianiense em 2014 diante do Goiás, partida, que na época, teve grande representatividade local, diante da grande rivalidade entre as equipes. Lino atuou também por Caxias, ABC, Fortaleza, Ituano, Oeste, entre outros. Após encerrar a carreira, em 2017, no Juventude, fundou a Lino Sports, empresa de agenciamento de carreira que conta com dezenas de atletas e treinadores, a grande maioria das Série A e B do Campeonato Brasileiro. Para Lino, com um trabalho sério e profissional é possível fazer o Tupi forte novamente: "A marca Tupi é muito grande e respeitada, em qualquer lugar do Brasil que eu vou falam do Tupi, o clube precisa é ter pessoas bem intencionadas e competentes para que reconquiste sua credibilidade e assim possa atrair parceiros e investidores sérios."


O presidente do Galo, Eloisio Siqueira, fala do planejamento Carijó e da importância de ter pessoas com Know-How e credibilidade envolvidas no processo. “Desde o meu primeiro dia aqui, como presidente do Tupi, deixei claro que as portas do clube estariam abertas para todas as pessoas bem intencionadas, que tivessem o objetivo de colaborar com a reestruturação e o fortalecimento do clube, e o Hudson e o Lino são exemplos disso. Ambos, além de profissionais bem sucedidos em suas carreiras, são pessoas honestas, com credibilidade e que gostam do Tupi e que acreditam que é possível fazer um Galo forte novamente.”


Segundo o presidente Carijó, o encontro foi bastante positivo e espera que possa trazer boas notícias para os torcedores alvinegros em breve. O mandatário ainda ratificou a nova concepção implementada pelo clube desde o início deste ano, que se baseia na transparência e no profissionalismo, objetivando resgatar a credibilidade da marca Tupi no mercado, e consequentemente, levar o clube de volta à elite do futebol mineiro e às disputas de competições nacionais. "O que eu mais prezo hoje no Tupi é pela transparência, eu não realizo reunião com portas fechadas com ninguém, todo o nosso pensamento é bastante claro e objetivo, quem se sentir estimulado em estar junto da gente nesse processo será bem-vindo", finaliza o presidente.


Categoria de Base


Em paralelo ao planejamento da equipe profissional, visando a temporada de 2023, o Tupi busca reestruturar também as categorias de base, a começar pelo sub-20. O clube realizou, nas últimas semanas, uma seletiva que selecionou cerca de 20 atletas para o início das atividades. O objetivo, a princípio, é disputar o Campeonato Regional da categoria, com previsão para agosto, e formar uma base para a disputa do Campeonato Mineiro do ano que vem. Contudo, o clube busca atrair parceiros para ratificar o projeto e fazer uma base Carijó forte.


Este material está liberado para reprodução. Os órgãos de imprensa devem citar o site do Tupi como a fonte da informação.