Tupi vence clássico diante do Tupynambás, por 2 a 1, no Mário Helênio

Galo Carijó saiu atrás, mas virou o jogo no segundo tempo

Muller Fernandes comemora o gol da virada | Foto: Tiago Castilho/Tupi FC

Pela segunda rodada do Campeonato Mineiro do Módulo II, o Tupi bateu o Tupynambás, de virada, por 2 a 1, na manhã deste domingo (01), no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. Os gols foram marcados por Fabrício Marabá e Muller Fernandes.


O jogo


O clássico Tu-Tu, o de número 284 da história, foi marcado por muita emoção, luta e reviravoltas. Logo aos 3’, o Tupynambás abriu o placar, com Wellington Batista, após um cruzamento da esquerda, lance muito similar que culminou no segundo gol do Ipatinga na partida de estreia. O gol logo de cara, não assustou a equipe Carijó, que se manteve concentrada e confiante na partida. O Tupi pressionou bastante a equipe do Baeta e chegou a ter uma sequência de seis escanteios seguidos. O treinador Ademir Fonseca mexeu logo aos 15’, colocando o estreante Adson no lugar do zagueiro Adriano Alves. A entrada do lateral Carijó mudou a perspectiva do jogo, e o camisa 14 foi decisivo no gol de empate do Galo, após realizar bela assistência para Fabrício Marabá marcar um bonito gol.


O golaço do Fabrício Marabá nas lentes do "Nos acréscimos" em parceria com o Tupi


O gol animou a torcida Carijó, que marcou boa presença nas arquibancadas do Mário Helênio, e fizeram uma bela festa. Cerca de 1.273 pessoas (973 pagantes) estiveram no estádio, com uma renda de R$ 19.560,00. Aos 38’, Marabá, por pouco, não marcou o segundo dele, após acertar a trave depois de um lindo cruzamento da direita.


O segundo tempo iniciou mais morno, com o forte calor, as equipes diminuíram um pouco o ritmo, mas o Tupi retomou o controle do jogo. Logo aos 6’, o Tupynambás chegou com perigo, com uma finalização dentro da área para grande defesa do João Lucas. Aos 17’, o capitão e camisa 10 do galo, Hiroshi, deixou o campo para a entrada de Felipe Pelles. Porém, aos 21’, Jeffinho ganhou uma dividida no meio campo, tocou para Muller Fernandes na esquerda, que avançou, driblou o marcador e de direita, tocou para o fundo das redes do Tupynambás, virando o jogo para o Galo Carijó.



O gol da virada de Muller Fernandes nas lentes do "Nos acréscimos" em parceria com o Tupi


Nos minutos finais, o Tupynambás se lançou em busca do empate, e o Tupi assustava em contra-ataques, principalmente com Willy. Mas no final, seu mesmo o Galo, vitória por 2 a 1.



Próximo compromisso


O Galo volta a campo no próximo sábado (07) para enfrentar o União Luziense, às 15h30, novamente no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. O confronto é válido pela terceira rodada da fase de classificação do Campeonato Mineiro do Módulo II. Os ingressos para o jogo já deverão ser comercializados à partir de terça-feira (03), nos valores de R$20 (inteira) e R$10 (meia).


Ficha técnica

Tupi 2x1 Tupynambás – 2ª Rodada do Campeonato Mineiro do Módulo II

Local: Mário Helênio

Data e hora: 01/05/2022 às 11h00

Árbitro: Hieger Tulio Cardoso

Árbitro Assistente 1: Vivaldi Pedro Baeta

Árbitro Assistente 2: Romulo Correa Gonzaga

Quarto Árbitro: Luis Carlos Brum

Analista De Campo: Flavio Henrique Coutinho Teixeira

Cartões amarelos: Wesley (TUP), Rafinha Borges (TFC), Gabriel Cassimiro (TFC), Eric (TUP), Hiroshi (TFC), Lucas Lino (TUP), Marcello de Sá (TUP), Muller Fernandes (TFC), Lucas (TUP), Emerson (TFC)

Gols: Fabrício Marabá (32’ 1ºT), Muller Fernandes (21’ 2ºT) Tupi; Wellington Batista (3’ 1ºT)


Escalação do Tupi

João Lucas; Gabriel Cassimiro, Adriano Alves (Adson), Wellyson e Emerson; Rafinha Borges, Jeffinho, Hiroshi (Felipe Pelles) e Fabrício Marabá (Willy), Sávio (Pedro Vitor) e Muller Fernandes.

Técnico: Ademir Fonseca.


Escalação do Tupynambás

Lucão; Vinicius, Felipe Alves, Rayan e Wesley; PK (Pablo), Lucena (Vitor), Eric (Marcello de Sá) e Wellington Batista; Luan Henrique (Cleber) e Lucas Lino (Fábio).

Técnico: Anderson Florentino.


Este material está liberado para reprodução. Os órgãos de imprensa devem citar o site do Tupi como a fonte da informação.